Como Importar Produtos para Revender?

Como Importar Produtos para Revender?

Segredos e mistérios revelados sobre como importar produtos para revender! Métodos para importar com menos custos apenas mercadoria original.

Como importar produtos para revender? Quais os procedimentos no sentido de fazer o processo com menos custos? Há mercados alternativos para importação de bens originais americanos, europeus ou asiáticos?

Nada pior para alguém que busca uma atividade para lucrar do que perceber que as coisas são mais difíceis na verdade.

Basta analisar o processo de importação formal para perceber que os custos da burocracia não valem a pena – talvez por isto o Brasil seja um dos países do mundo que menos importa, embora esteja entre as 20 maiores economias da Terra.

Você já deve ter passado por uma experiência semelhante: Procurar métodos de como importar produtos para revender e perceber que não vale a pena. Calma! Isto é o que os importadores querem que você saiba, justamente para diminuir a concorrência.

Existem métodos simples e menos custosos de como importador produtos para revender, além de serem fórmulas mais garantidas, que escapam do convencional esquema: cartão de crédito internacional, compra no site, redirecionador e recebimento dos itens.

Um velho ditado chinês indica que a vida é muito mais simples do que parece, e isto engloba o universo da importação, como você vai ver neste post informativo.

Como Importar Produtos para Revendas: Roupas, Perfumes e Acessórios da Moda

No caso das roupas internacionais as marcas norte-americanas são destaques de vendas: Hollister, DKNY, Calvin Klein, Levis, entre outros selos cobiçados na alta moda, que custam verdadeiras fortunas nas vitrines dos shoppings (notícia positiva para você vender o vestuário importado online e lucrar).

Mas, você não precisa viajar até os Estados Unidos da América, ou, realizar a compra do site com endereço físico norte-americano, pagando assim o caro preço de frete e redirecionadores populares, tais como Shipito, por exemplo (que disponibiliza um endereço americano para receber as compras e enviar ao Brasil).

É só comprar em lojas estabelecidas nos mercados alternativos, tais como o Peru, por exemplo, que consiste num centro com diversas fábricas de marcas de roupas americanas. Depois, redireciona para um freteiro de confiança e recebe o produto na porta de casa a preços mais baixos, sem burocracia.

Também é possível comprar das cidades brasileiras próximas da fronteira, que entregam mais rápido e cobram um preço ligeiramente superior, que ainda sim permite uma grande margem de lucro à pessoa que segue o caminho de como importar produtos para revender.

Como Importar Relógios para Revendas

Você também não precisa viajar à China, aos Estados Unidos ou Europa apenas para importar relógios originais às revendas, muito menos seguir procedimentos mais formais na importação.

Se você mora em São Paulo, por exemplo, pode visitar a Rua 25 de Março, ou outros endereços de grande fluxo comercial, e pagar um preço cujo total é muito inferior do que o ato de importar direto da fábrica no estrangeiro.

Acontece que nas grandes cidades brasileiras existem muitas pessoas dispostas a aprender a como importar produtos para revender, particularmente relógios.

Por este motivo também tem o mercado dos fornecedores brasileiros de relógios importados especialistas em vender a quem deseja fazer revenda.

Ou seja, o caminho de como importar relógios para revender é fazer a compra no Brasil, dos fornecedores corretos.

Importação de Celulares e Tecnologia

Especialistas em técnicas para ganhar dinheiro online indicam que talvez a grande parte das pessoas com interesse em importar produtos para revender deseja trabalhar com celulares, ou, outros tipos de produtos tecnológicos.

O local mais barato para comprar produtos tecnológicos originais é no Paraguai, ou nas lojas brasileiras que fazem fronteira com os paraguaios e têm e-commerce, cujos produtos possuem quase o preço de fábrica.

Celular é um bom negócio, mas você também pode aproveitar inúmeras brechas que existem no mercado, tais como venda de notebooks para games ou a comercialização de jogos antigos de videogame, por exemplo.

Questão de Frete: Como Importar Produtos para Revender

Seja para comprar no Peru, Paraguai, nos Estados Unidos ou qualquer outro país do globo terrestre, não existem acordos comerciais que retiram os tributos da importação.

Por este motivo, ainda que legalmente, você deve procurar por métodos alternativos de como importar produtos para revender no Brasil.

Um método que faz valer a pena importar, muito utilizado pelo varejo mais tradicional, está no frete por quilo sem tributação oferecido por freteiros de confiança no mercado.

Como Importar Produtos para Revender na Prática

Para conhecer tudo sobre como importar para revender (seja os processos de importação em detalhes ou os métodos mais eficazes de vendas) você deve se cadastrar no curso Segredos sobre Importação 3.0, que explica o passo a passo de como importar produtos para revender.

segredos-sobre-importacao-3-0

Deixe seu comentário!